Inbound-Marketing-como-fazer-na-minha-empresa

Inbound Mareting: O que é e como fazer na minha empresa

O que é inbound marketing?

No inbound marketing você trabalha o comercial do seu negócio de uma forma totalmente indireta. Veja esta situação: Você faz um comercial na televisão versus você publicar vários artigos no seu blog. São coisas diferentes, com finalidades iguais, mas abordagens bem diferentes.

Mas como fazer inbound marketing na minha empresa? Simples! bem como no marketing de Conteúdo, você atrai seus potenciais clientes por meio dos conteúdos que você faz, sejam eles posts em blogs, vídeos, e-books, etc.  Junto a isso, com inbound marketing você pode medir todos os seus resultados, uma vez que, é possível ter uma noção abrangente de tudo o que acontece e principalmente a quantidade de potenciais clientes (ou como chamamos: Leads) que você está atraindo e convertendo, praticamente em tempo real.

Mesmo tendo um negócio ou sendo simplesmente um profissional procurando uma maior visibilidade para os seus serviços, você poderá usar o inbound marketing com vários objetivos, entre eles:

  • Atrair potenciais clientes de forma totalmente orgânica;
  • Aumentar a visibilidade e notoriedade da sua marca através do conteúdo;
  • Reduzir o custo de aquisição de clientes por meio da captação de leads orgânicos;
  • Criar conteúdos de qualidade, atemporais e que atraiam tráfego recorrente;
  • Melhorar o posicionamento orgânico dos seus conteúdos e do seu negócio.

Como fazer inbound marketing na minha empresa?

Basicamente? Estratégia de marketing de conteúdo, o inbound marketing tem uma lógica por detrás, dependendo do objetivo. O inbound marketing depende de um bom SEO para os seus conteúdos, ou uma divulgação forte com marketing de conteúdo, estamos sempre falando de um processo longo que depende de várias etapas com objetivos definidos.

Veja abaixo algumas etapas relacionadas ao marketing de conteúdo :

  1. Gerar tráfego e atrair potenciais clientes;
  2. Converter esse tráfego em leads;
  3. Relacionar-se e nutrir tais leads;
  4. Converter esses leads em vendas;
  5. Analisar os resultados e o impacto das suas ações.

Vamos analisar as diferentes etapas para entendermos corretamente como funciona o processo de inbound marketing e como você deverá utilizar essa estratégia na sua empresa.

Tráfego, tráfego, tráfego.

Quando o objetivo é gerar tráfego, existem inumeras formas de o fazer, obviamente. Desde tráfego orgânico até às opções de tráfego pago. Uma coisa é certa: sem tráfego é impossível fazer com que uma estratégia de inbound funcione corretamente, uma vez que sem tráfego será impossível gerar leads e naturalmente isso faz com que todo o processo caia por terra.

Blog de conteúdo

Um blog é uma excelente forma de gerar tráfego qualificado a longo prazo. Do mesmo jeito que atraí sua atenção com este artigo, você poderia atrair a atenção de outras de pessoas para os conteúdos do seu negócio. Conteúdo sempre gera tráfego.

Constância na publicação também um aspecto muito importante neste tipo de estratégia, Pois isso ajuda a criar um relacionamento mais eficaz com seus leitores. Se você não publica, você não gera tráfego e não atrai seu público para consumir novos conteúdos.

Ideal também é se posicionar bem com SEO. Uma boa otimização para motores de busca fará uma grande diferença no seu tráfego orgânico. O mais importante do conteúdo é que esse conteúdo seja encontrado. Não faz sentido você publicar conteúdo regularmente e esse conteúdo além de não ser encontrado, não gerar tráfego.

Dica: O Google privilegia conteúdos que ajudam os utilizadores a esclarecer as suas dúvidas. Por tanto os conteúdos maiores, tendem a ter melhores resultados na SERP (search engine results page) do Google. Quanto mais o seu conteúdo conseguir responder às dúvidas dos utilizadores que pesquisam no Google, maior serão as suas chances de conseguir um bom posicionamento nas pesquisas do Google.

Converter esse tráfego em leads

Gerando tráfego para o seu site ou blog, você estará atraindo potenciais clientes para o seu negócio. Mais importante do que gerar tráfego é conseguir converter esse mesmo tráfego em leads! Existem inumeras estratégias de conversão que podem ser utilizadas para converter o tráfego em leads. Se você tem um site ou um blog com uma boa quantidade de acessos, mas não está conseguindo gerar leads qualificados, você precisa montar uma estratégia nesse sentido. Veja algumas ideias que você poderá colocar em prática para começar a gerar leads qualificados com seu tráfego:

Landing pages de conversão

Em geração de leads, landing pages sempre são uma das melhores soluções. Uma landing page é uma página focada totalmente em conversão, em que o objetivo precisa ser a captação de apenas um endereço de e-mail, ou então formulários mais complexos com a captação de nome, e-mail, telefone, etc. Quanto mais informações, menor é a sua taxa de conversão. No entanto, quanto mais informação você pedir, mais qualificadas são os leads, ou seja, mais potencial de conversão em vendas elas têm.

Relacionar-se e nutrir essas leads

Eu vou precisar fazer todo este processo para fazer inbound marketing na minha empresa? Sim! Se você gera tráfego e converte esse tráfego em leads qualificados, chegou a hora de você nutrir cada um deles. Quando alguém subscreve a sua newsletter, assina uma ferramenta sua ou baixa um e-book que você está oferecendo, na verdade, essa pessoa ainda não está preparada para comprar de você. Se entendermos a chamada “jornada do consumidor” (Costumer Journey), entenderemos que essa pessoa ainda está procurando entender quem você é e que conteúdos ela pode esperar de você.

Relacionamento com E-mail Marketing

Quando falamos de captação de leads, muitas vezes falamos de emails. Quase 100% das campanhas de captação de leads passam por algum processo de captura de emails dos utilizadores. Esses endereços eletrônicos devem ser direcionados para uma plataforma de Email Marketing (recomendo muito o RD Station nosso parceiro, ou outras como o Mautic) sempre trabalhando com conteúdos relevantes. Se uma pessoa se cadastrou na sua newsletter porque você fala sobre dicas para emagrecer, por exemplo, é importante você criar alguns emails com conteúdos diferenciados sobre esse tema. Assim, você estará nutrindo essa pessoa com um conteúdo interessante e relevante para ela.

Dessa forma, você estará preparando cada um desses contatos para lá na frente, quando você sentir que está no momento certo de indicar seu produto ou serviço para essas pessoas, uma venda ser realizada.

Converter essas leads em vendas

Numa estratégia de Inbound Marketing, logo após a nutrição de leads, vem a conversão dos mesmos em vendas. Pouco importa quantas você tenha, quantas captou ou qual o custo delas, se na realidade você não conseguir converter esses leads em vendas. No final de contas, o objetivo passa sempre por vender alguma coisa, seja um produto ou um serviço. Ainda assim e como falei anteriormente, você precisa entender a jornada do consumidor para não se precipitar e tentar realizar vendas junto de pessoas que não estão preparadas para comprar.

A conversão de leads em vendas torna-se especialmente mais complexa quanto mais complexo e caro for o produto ou serviço a vender. A própria complexidade do produto faz com que seja mais simples ou mais complicado, converter leads em vendas.

Sua opinião nos ajuda a fazer melhor, comenta aí...

comentários

Bruno Stainen

Bruno Stainen

Olá, Bruno Stainen aqui! Desde 2014 venho ajudando a empresas de todos os tamanhos e de todos os tipos a melhorarem seu posicionamento na internet através de técnicas de Marketing Digital. Espero que minha expertise possa te ajudar a alavancar seu negócio para o próximo nível. Sucesso é a única possibilidade!