Royalties e as Franquias: Saiba tudo sobre o assunto

Acredito que você já tenha ouvido falar sobre esse termo, mesmo que esteja entrando agora no mercado de franquias Royalties são cobranças que já existem a muito tempo mudando somente a forma como a mesma pode ser recebida dependendo do produto ou empresa.

Dentro do mercado de franchising royalties também são comuns e são por eles que os franqueadores recebem o retorno financeiro dos seus franqueados, por ser uma das coisas mais importantes que deve ser discutida em qualquer acordo de franquia vamos falar aqui neste post tudo que você precisa saber sobre esse tema.

Acompanha até o fim!

O que são Royalties de fato?

Para falar sobre Royalties e as franquias devemos antes entender o significado da palavra e a origem desse tipo de taxa.

Os Royalties Derivam originalmente da palavra Royal que era um termo usado no século XV na Inglaterra para definir algo de propriedade do rei ou da nobreza, normalmente se davam a terras de caça, moinhos, locais para retirada de madeira entre outros materiais.

Dessa forma os súditos que quisessem usufruir desses benefícios precisavam pagar uma taxa ao rei ou os conhecidos “Royalties”.

Essa é uma das formas mais antigas de pagamento por uso de propriedade.

Hoje em dia esse termo serve para definir o pagamento feito para o dono de uma patente ou marca por uso de terceiros, como acontece com o uso de uma franquia, seu “know to how” e todos os aparatos da mesma pelos franqueados.

E assim se define a forma como os Royalties e as franquias se relacionam.

Royalties e a lei de franquias

Agora que entendemos o conceito de Royalties e as franquias chegou a hora de saber como ele se aplica dentro da Lei de franquias (atualmente sendo essa a lei 13.966/19)

Na lei encontramos no inciso IX

  1. “remuneração periódica pelo uso do sistema, da marca, de outros objetos de propriedade intelectual do franqueador ou sobre os quais este detém direitos ou, ainda, pelos serviços prestados pelo franqueador ao franqueado;”

Portanto segundo a lei em vigor Royalties se caracterizam como um pagamento periódico pelo uso da marca e da propriedade intelectual de uma empresa entre outros fatores.

Este mesmo valor é definido antes das negociações através da COF (circular de oferta de franquias) e através dos acordos contratuais, podendo cada franquia ter a liberdade para definir quais e como seus Royalties serão aplicados não existindo uma forma padrão especificada pela lei.

É necessário que cada informação seja clara quanto aos valores e formas de pagamento desses Royalties, bem como o período de pagamento (que normalmente é mensal).

Dessa forma os royalties se estabelecem como mais um meio de retorno para a marca além do investimento inicial na compra do direito de utilização da marca.

Mas e como os franqueadores estabelecem essas taxas? É o que vamos entender agora.

Como os Royalties são determinados

Cada franqueadora precisa ter seu sistema de taxas bem estabelecido de acordo com a legislação e com a marca que tem, normalmente existem sistemas de Royalties que são mais comuns de serem escolhidos pelas franquias e serão esses sistemas que iremos destacar aqui.

  • Taxa sobre o faturamento bruto: Essa é uma das formas mais comuns quando falamos sobre Royalties e as franquias, o percentual retirado aqui é diretamente sobre o valor bruto do lucro mensal do franqueado dessa forma, se um franqueado teve o lucro bruto de 100,000 reais por mês e o franqueador estabeleceu uma porcentagem de 5% sobre o valor bruto, então ele terá que pagar ao franqueador 5,000 reais.

Claro que este valor irá variar através do lucro mensal precisando então que a franqueadora tenha que ficar a todo momento fazendo a análise dos lucros de cada franqueado seu.

  • Valor fixo: Outra forma muito utilizada de pagamento de Royalties é a de estabelecer uma valor fixo por mês, assim independente do lucro do franqueado o mesmo vai precisar pagar aquele valor estabelecido.

Ao contrário do sistema de cima, esse gera facilidade pois não é necessário que precise manter um controle sobre os lucros do franqueado. A parte negativa é que quanto mais aquela unidade crescer você não terá um lucro relativo a essa expansão, somente aquele mesmo valor.

  • Valor híbrido: Essa é uma modalidade que reúne o melhor das duas acima, o franqueador escolhe um valor fixo para ser pago por mês e um valor bruto, o que for mais rentável no final do mês será o pago, se o lucro bruto for maior e mais expressivo é retirado dele, mas caso o lucro bruto não tenha sido tão bom, então o valor de pagamento se torna o fixo estipulado no contrato.

Não é preciso dizer que este sistema incorpora mais facilidade já que o franqueador não precisa se preocupar com a porcentagem de lucro e o franqueado fica mais livre para pagar da forma que for mais lucrativo para ambos.

Conclusão

Agora que você entendeu como royalties e as franquias funcionam, sabe como as taxas podem ser feitas, é o momento de aplicar isso de forma sabia nos seus próximos investimentos.

Sempre escolha marcas que tenham bom histórico e que sigam os cumprimentos da legislação no que diz respeito às informações de todos os valores acordados, você sabe que o investimento não é algo que pode ser negligenciado então invista nos royalties certos!

No mais, desejamos uma ótima jornada nas suas próximas aquisições e caso precise venha falar conosco sobre franquias garanto que podemos te ajudar!

Sua opinião nos ajuda a fazer melhor, comenta aí...

comentários

Bruno Gabriel

Redator e Escritor onde minhas experiências envolvem a criação de conteúdo para vários nichos. Desenvolvi trabalhos para a “Revista Digital Mistika”, site “O Segredo”, e hoje adentrando o mundo do marketing estou como redator na Stainen. Possuo certificações pela Rock Content, Hub Spot, Mirago e Udemy sobre Marketing Digital, Produção de conteúdo e Inbound. Também atuo como Designer desde 2017 em tudo que envolve Social Media. Não o bastante sou Formado em História, escritor e poeta, criei o blog “Nulo” e um podcast sobre a vida e filosofia chamado “Sombriocast”. Sou um freelancer atuante com certa experiência editorial no mercado. Amo criar, produzir, e auxiliar quem precisa de suporte nessas áreas. Nas horas vagas sou um bom gamer e um grande buscador de conhecimento. Fala comigo no instagram, vamos puxar um papo! @bruhgabrilu